Secretária participa da abertura da 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

cultura
17 de maio de 2017

Serão exibidas 29 produções até o próximo domingo, 21/5, com entrada gratuita no Cine Cultura

O Cine Cultura, unidade da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), abriga até o próximo domingo, 21/5, a 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, uma realização do Ministério dos Direitos Humanos com produção do Instituto Cultura em Movimento (Icem).

A abertura oficial da mostra aconteceu na noite desta terça-feira, 16/5, no Cine Cultura, e contou com a presença da secretária Raquel Teixeira, que representou o governador Marconi Perillo no evento.

Em sua fala, a secretária comentou a importância da Mostra como “um momento de discussões verdadeiras e corajosas que questionam o modelo patriarcal e autoritário da sociedade brasileira”.

Raquel Teixeira lembrou ainda que nesta quarta-feira, 17/5, será comemorado o Dia Internacional de Combate à Homofobia e ressaltou os investimentos do Governo de Goiás na cultura, especialmente na área de cinema com a criação do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica) há 19 anos. “O governador Marconi Perillo é reconhecidamente um apoiador das artes em suas mais diferentes linguagens. O Fica, por exemplo, criou uma indústria cinematográfica em Goiás”.

A secretária ainda destacou a importância de outros incentivos como a Lei Goyazes e o Fundo de Cultura, que teve seu edital publicado nesta terça-feira, 16/5. “Por iniciativa do governador é que temos importantes instrumentos de fomento para dar oportunidade a tantos talentos artísticos em Goiás, um Estado muito rico culturalmente”.

Além da secretária Raquel Teixeira, a abertura contou com as presenças de Ricardo Favilla, representante do Icem; Ângela Cristina Ferreira, representante do Comitê de Direitos Humanos Dom Tomás Balduíno; Victor Hipólito, representando o secretário municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas, Filemon Pereira; e da produtora cultural Maria Abdalla, coordenadora geral da 11ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos.

Sobre a mostra

Com entrada gratuita, a 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos exibirá 29 produções entre os dias 16 e 21 de maio no Cine Cultura, na Praça Cívica. São filmes em diferentes formatos – curtas, médias e longas – produzidos por cineastas brasileiros e de diversos outros países.

Os filmes selecionados buscam promover uma reflexão acerca de temas como preconceito racial, homofobia, violência contra as mulheres, população em situação de rua e LGBT, saúde mental, direitos da população indígena, migração e crescimento nos deslocamentos humanos, entre outros.

A mostra é realizada quase que simultaneamente nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. Nesta edição, a homenageada é a cineasta Laís Bodansky, diretora e roteirista premiada pelos longas “Bicho de Sete Cabeças” e “As Melhores Coisas do Mundo” e que, em 2017, está lançando seu mais novo filme: “Como Nossos Pais”. A produção lança olhar sobre o preconceito contra as mulheres e o machismo da sociedade brasileira.