Pesar por Eva

cultura
10 de dezembro de 2017

A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte lamenta profundamente o falecimento da atriz Eva Todor, aos 98 anos, neste domingo.  O palco mais nobre e tradicional da capital de Goiás foi inaugurado por ela em 1942 com o espetáculo “Colégio Interno”, de Ladislau Todor, com direção de Luiz Iglezias.  O convite para encenar no Teatro Goiânia partiu do então prefeito Venerando de Freitas Borges.  Ainda jovem e integrante do movimento brasileiro de comédia, a atriz se admirou com o interior do Brasil e com Goiânia ainda em formação: “o que esses loucos vão fazer nesse deserto com um teatro assim?”, teria dito, segundo o livro Teatro Goiânia – Histórias e Estórias, de Gilson Borges.  No aniversário de 75 anos do Teatro, em junho de 2017, a secretária Raquel Teixeira quis homenageá-la, mas em contato com um produtor no Rio de Janeiro soube da impossibilidade da atriz de viajar por causa das complicações de saúde. Eva Todor nasceu em 1919, em Budapeste, na Hungria, e imigrou com os pais para o Brasil ainda criança. Aos nove anos ela já havia se apresentado em espetáculo de dança solo, acompanhada de um pianista, no Teatro Municipal de São Paulo. Ao longo de sua bela e extensa carreira ela se tornou uma das mais importantes atrizes da história do Brasil.

Comunicação Setorial da Seduce

Goiânia, 10 de dezembro de 2017