Em visita à Seduce, vice Lincoln Tejota e Fátima Gavioli discutem Educação

educacao
8 de janeiro de 2019

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, esteve na tarde desta terça-feira, 8/1, na sede da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) para uma audiência com a secretária Fátima Gavioli. Na pauta, início do ano letivo e manifestação de apoio. O encontro marca o início de uma série de visitas que o vice do governador Ronaldo Caiado pretende fazer pelas secretarias do Estado.

“Fiz questão de começar essa agenda aqui, na Educação, porque é uma das áreas mais sensíveis do nosso Estado, pois é ela quem define as demais, seja a médio ou longo prazo. E eu sei que a secretária, com todos os desafios que ela tem, precisa do nosso apoio por parte da vice-governadoria. Coloquei nossa equipe à disposição para o que ela precisar”, disse Lincoln ao final da reunião.

Para além da cortesia, a reunião entre a secretária e o vice-governador já tratou de assuntos importantes que envolvem a pasta. Conforme explicou Fátima, o contrato temporário de professores foi um dos temas. “Ele veio justamente para ajudar a resolver essa questão de que um temporário deve esperar dois anos até poder ser contratado de novo. Me parece que não existe muita coerência nessa situação, e nem rotatividade suficiente de professores”, resumiu, ao dizer que trabalha na solução desse impasse.

Para Lincoln, o principal foco do governo eleito é dar respostas aos problemas apontados pela população nas mais diversas áreas. “Estamos debruçados sobre esse objetivo. Saio daqui já com algumas reuniões marcadas para que a gente possa, juntamente com a equipe de governo, resolver os problemas [da Educação] e dar a resposta que a população espera”.

Portas abertas

Desde que assumiu a Seduce, no dia 2 de janeiro, Fátima tem adotado uma postura de diálogo e “portas abertas”. Nos últimos dias já recebeu em seu gabinete dezenas de pessoas, como professores, coordenadores, superintendentes, prefeitos, vereadores e deputados. O primeiro objetivo, como gosta de destacar, é garantir que tudo esteja organizado para o início do ano letivo, no dia 21 de janeiro.

As reuniões também têm sido um bom termômetro para que a secretária conheça a realidade da Educação em Goiás. Para ela, estar perto da comunidade escolar ajuda a detectar e resolver os problemas existentes na rede estadual de ensino. “Toda pessoa que entra aqui tem contribuído muito para o bom desempenho da rede. Para mim é muito importante a participação de cada um, seja estudante, professor ou gestor. Todos são bem-vindos, até quando trazem problema, porque já trazem junto uma proposta de solução”, comentou Fátima.

Goiânia, 8 de janeiro de 2019

Comunicação Setorial da Seduce Goiás