Professores da rede comentam primeiro dia de provas do Enem

educacao
5 de novembro de 2018

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, na noite deste domingo, 4/11, professores da rede pública estadual comentaram o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Acompanhados do superintendente de Gestão Pedagógica, Marcelo Jerônimo, os professores Sarah Ramiro (Língua Portuguesa), Douglas Santiago (Geografia e História) e Edinalva Carvalho (Redação) fizeram uma avaliação dos conteúdos exigidos dos estudantes nas provas de Linguagem, Ciências Humanas e Redação.

Tiveram uma grata recompensa. Muito do que os professores disponibilizaram por meio do programa Goiás+Enem, tanto aos estudantes da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) quanto ao público em geral, esteve presente nas provas deste domingo. A começar pelos conteúdos de ‘variação linguística’ e ‘interpretação linguística’, que juntos significaram cerca de 10 questões da prova de Língua Portuguesa, segundo a professora Sarah Ramiro.

Na prova de Ciências Humanas, quem acompanhou o Goiás+Enem não teve dificuldades para responder as questões que abordaram a ‘Guerra Fria’. O assunto esteve nas aulas dadas pelo professor Douglas. “Sempre falo para meus alunos que nunca vai ter uma prova do Enem sem a famosa Guerra Fria. Se não tiver diretamente, vai estar indiretamente em algum texto. É impossível falar do sistema atual, de capitalismo, de grandes crises econômicas, sem citar esse tema que é um marco da estrutura da posição global”, ressaltou.

Os professores lembraram que ainda dá tempo de conferir as aulas com os conteúdos de Ciências da Natureza e Matemática, provas que serão aplicadas no próximo domingo, 11/11. O Goiás+Enem é uma parceria da Seduce com a nova TBC, com aulas transmitidas aos domingos, de 10h30 às 11h, pela televisão. Os vídeos também são disponibilizados nos sites da Seduce e da TBC. É uma oportunidade para os estudantes da rede e o público em geral na preparação para o Enem.

O Goiás + Enem na TV vai finalizar 2018 com um total de 29 programas exibidos. Os dois últimos vão ao ar nos dias 18 e 25 de novembro, com correção comentada das provas e um balanço sobre a iniciativa inovadora.

A Redação

Sempre muito aguardada e comentada, a Redação deste ano trouxe um assunto familiar a todos – as redes sociais –, mas sobre o qual nem todo mundo tem uma visão crítica. E foi essa discussão que o Enem propôs com o tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. Na avaliação da professora Edinalva Carvalho, a temática trouxe para o debate a utilização de algoritmos e a criação de bolhas, o que pode levar à manipulação do usuário. “Uma manipulação de pode acontecer de forma ideológica, consumista, política, enfim, de várias maneiras.”

Os textos de apoio, ou motivadores, que abrem a prova de Redação foram analisados por Edinalva. Esses textos suscitaram questionamentos sobre como os dados de navegação, as pesquisas realizadas pelo internauta e os seus posts nas redes sociais colaboram para, por meio dos algoritmos, influenciar o conteúdo que posteriormente chegará até ele por meio de publicidade, de informações e notícias. Também demonstra como a filtragem da informação feita pelas redes sociais, pelo sistema, tenta moldar a maneira de pensar do usuário. “Considerando essa ideia de moldar a maneira de pensar, a gente vê que há uma manipulação muito grande. O primeiro texto traz que esse é o problema principal quando se trata de escolhas”, comentou.

Em síntese, o candidato precisava ficar atento ao fato de o ambiente virtual ser persuasivo e buscar levar isso para a argumentação de seu texto. “Era a partir dessa ideia de manipulação que o candidato, com certeza, deveria desenvolver sua tese. Falando em tese, me chamou a atenção a de um aluno que, na prova, defendeu que é preciso desenvolver mecanismos para manter a privacidade dos internautas, evitando as manipulações. É pertinente. É um ponto muito importante da discussão”, observou a professora de Redação.

Mais sobre o Enem

O vídeo completo com os comentários das provas do Enem está disponível na página da Seduce no Facebook, acesse aqui.

Outra oportunidade para avaliar as provas. Na quinta-feira, 8/11, às 20h, a nova TBC promove uma ação inédita: o ‘Enem em Pauta’. O programa é uma adaptação do tradicional ‘Roda de Entrevista’, da TBC, e irá reunir dois alunos, dois professores e um psicólogo para comentarem o primeiro dia de provas (4 de novembro) e as expectativas para a segunda fase (11 de novembro). Já no próximo domingo, professores da rede voltam a comentar as provas da segunda etapa do Enem 2018, também a partir das 20h no Facebook da Secretaria.

Goiânia, 5 de outubro de 2018
Comunicação Setorial da Seduce