Secretária Raquel Teixeira participa de mesa redonda em São Paulo

educacao
6 de dezembro de 2017

Encontro promovido pelo Centro de Liderança Pública propõe discussão sobre avanços e desafios da educação brasileira

A secretária Raquel Teixeira participa nesta quinta-feira, 7/12, em São Paulo, de mesa redonda que discutirá os principais desafios da educação brasileira. O debate será mediado por Leandro Beguoci, diretor de conteúdo da revista Nova Escola, e contará ainda com os secretários de educação de Sobral, Hebert Lima, e de Brejo Santo, Jacqueline Braga. Os dois municípios pertencem ao Estado do Ceará.

O encontro, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), também inclui o lançamento da 2ª edição do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) e do estudo “Desafios Compartilhados da Educação Brasileira”.

Segundo os organizadores, a expectativa é de que esse estudo possa inspirar lideranças públicas de todo o país a buscarem melhores oportunidades educacionais para atender equitativamente crianças e adolescentes.

Convidados

Além da secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, o encontro contará ainda com as participações do advogado André Barrence, diretor do Google Campus São Paulo; Reynaldo Fernandes, ex-presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep); Fabiana de Felício, da Metas Consultoria em Elaboração e Avaliação de Políticas Sociais; Roberta Nastaria, coordenadora de Projetos da Fundação Lemann; Guilherme Soares, do Elogroup; e Luana Tavares, diretora executiva do CLP.

O evento será realizado no auditório do Campus São Paulo (Bairro Paraíso) e tem apoio da Fundação Lemann, Instituto Natura, Fundação Roberto Marinho e apoio institucional do Instituto Península e Um Brasil.

O Índice de Oportunidades da Educação Brasileira é lançado a cada dois anos e reúne autoridades, especialistas, professores, empresários e entidades do terceiro setor para discutirem os avanços e desafios da Educação Infantil ao Ensino Médio das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal.

Criado em 2008, o CLP tem contribuído para o desenvolvimento de líderes públicos empenhados em promover mudanças transformadoras na educação brasileira por meio da eficácia da gestão e da melhoria da qualidade das políticas públicas.